19/03/2019
26ºC Maceio, Tempestades
(82) 99620-8008

Notícias

07/03/2019 10:18
Polícia
Médico responsável por necropsia de bebê diz que não houve afogamento
Mãe da criança tinha dito que filha teria se afogado em balde com água dentro da própria residência; Polícia civil investigará o caso
Redação

O resultado da necropsia feita na bebê de 7 meses que, segundo sua própria mãe, foi encontrada morta em um balde com água dentro da residência localizada no município de Estrela de Alagoas/AL, afirma que a criança não teve como causa morte o afogamento relatado, a priori, pela mãe da criança. A informação foi passada pelo repórter Mitchel Torquato/ 96 FM Arapiraca.


Ainda de acordo com informações passadas, o IML de Arapiraca fez a remoção do corpo encontrado ontem (06), e encaminhado para a necropsia, e o médico de plantão informou que não há elementos que comprovem que a menina morreu por afogamento.


Polícia Civil deverá investigar o caso.

 

Entenda caso


Uma bebê de apenas 7 meses de idade, identificada como Esmeralda Tavares da Silva, teria sido vítima de afogamento em um balde de água, no sítio Barriguda, na tarde da quarta-feira (06), na zona rural do município de Estrela de Alagoas. Segundo informações, a criança estava na sala de sua própria residência brincando com um irmão mais velho, e sua mãe ao chegar notou o bebê dentro do balde.


Esmeraldo foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Palmeira dos Índios, e encaminhada para a sala vermelha da unidade hospitalar, onde foi realizado os procedimentos de emergência.


O corpo foi encaminhado para Instituto de Medicinal Legal, na cidade de Arapiraca.

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia