24/09/2018
24ºC Maceio, Estrelado
(82) 99620-8008

Notícias

06/06/2018 16:28
Alagoas
Alagoas é vice-campeã do macabro ranking da violência
“Esse levantamento mostra que a política de segurança pública alagoana tem mais preocupação com a propaganda do que com as ações.” Deputado Federal Arthur Lira / Ascom
Por: Assessoria

Alagoas tem a 2ª pior taxa de homicídios no país de acordo com o Atlas da Violência 2018. O levantamento usa dados de 2016 como referência e mostra que a taxa alagoana é de 54,2 mortos por 100 mil habitantes. No total, naquele ano, foram registrados 1.820 homicídios.

 

 

No triste ranking de homicídios, Alagoas só perde para Sergipe, com 64,7 assassinatos a cada 100 mil habitantes. O Brasil atingiu a taxa de 30 assassinatos por 100 mil habitantes pela primeira vez na história.

 


Os jovens ocupam o topo da lista de violência. Nesse quesito, Alagoas também fica na 2ª colocação, com média de 122,2 mortes de jovens homens para cada 100 mil habitantes.

 

 

Em relação ao número de casos de homicídios de negros os dados de Alagoas chamam a atenção. O estado teve a terceira de homicídios de negros (69,7%) e a menor taxa de homicídios de não negros do Brasil (4,1%).

 

 

Segundo o Atlas, é como se os não negros alagoanos vivessem nos Estados Unidos, que em 2016 registrou uma taxa de 5,3 homicídios para cada 100 mil habitantes, e os negros alagoanos vivessem em El Salvador, cuja taxa de homicídios alcançou 60,1 por 100 mil habitantes em 2017.

 

 

O Atlas revela ainda que 101 mulheres foram assassinadas em 2016. Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) revelam que 443 mulheres foram estupradas, contra 500 pelos dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

 

 

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Alagoas