21/09/2018
26ºC Maceio, Ensolarado com muitas nuvens
(82) 99620-8008

Notícias

05/04/2017 15:32
Política
“Se querem mídia, vão procurar o que fazer” dispara vereador palmeirense Fabiano Gomes
Edil disse que quem tem vida pública não tem que ter medo de nada e admite que esposa tem emprego na prefeitura
Vereador Fabiano Gomes (PSC)
Roberta Sampaio

O vereador por Palmeira dos Índios Fabiano Gomes (PSC), pediu uma questão de ordem durante a sessão ocorrida na manhã desta quarta-feira (05), na Câmara de Vereadores para trazer à tona o assunto referente a uma matéria publicada pela imprensa (leia aqui: http://www.estadaoalagoas.com.br/olho-vivo-prefeito-nomeia-familiares-de-vereadores-em-palmeira-dos-indios/) onde é dito que esposas e parentes de vereadores estariam ocupando cargos na prefeitura de Palmira dos Índios.

 


Fabiano iniciou sua fala dizendo que: “Fico muito à vontade sobre essa situação. Existe um Portal da Transparência que serve para isso (a matéria foi feita justamente com base nas informações do referido Portal). Minha esposa está empregada na prefeitura, Sim!. Com muito orgulho. Por que participou da campanha do prefeito Júlio Cezar, e é competente para assumir um cargo nessa prefeitura ou em qualquer outra”.

 


O interessante é que, lendo a referida matéria, em nenhum parágrafo de todo o texto, o nome do vereador nem de qualquer outro edil foi citado. Mas, como diz o ditado: A carapuça serviu.

 


Serviu tanto que o vereador fez questão de dizer em alto e bom tom que tem sua esposa empregada na prefeitura por que ela tem competência para isso. Até aí tudo bem.

 


O problema é quando Fabiano admite que ela está empregada, também, porque trabalhou na campanha para eleger Júlio Cezar para prefeito do município. Pois, pode ser configurada a prática de nepotismo Cruzado – por ser uma troca de favores entre o poder executivo e o legislativo municipal.

 


É... o Nepotismo pode ser uma questão para longo debate e diversos entendimentos. Inclusive, em alguns casos, não ser considerada ilegal. Mas, com certeza, existem muitas pessoas que a consideram imoral.

 


E o vereador continua, só que desta vez chama a imprensa de desocupada quando diz: “Se querem mídia, vão procurar o que fazer”, porque não tem nada demais (o fato da esposa ter emprego na prefeitura). Aqueles que querem falar não tem problema. Mas, me perguntem. Já disse várias vezes que se quiserem saber algo sobre a minha vida é só vir até a minha pessoa. Quem tem vida pública não tem que ter medo de nada. E aquele que dever, que pague!”.

 


O nobre vereador mais uma vez esqueceu que a mídia não colocou o nome dele em nada. Ele mesmo que admitiu e tratou de divulgar isso para que, agora, todos soubessem, já que poucos se dão o trabalho de acessar o Portal de transparência da Prefeitura. Diferente do que é noticiado nos portais de Notícias de Palmeira dos Índios, que tem seus leitores e sua credibilidade.

 


Não esquecendo de um detalhe: o que pode ser desocupação para o vereador é o meio de trabalho de vários profissionais dos meios de comunicação (rádio, site ou impresso) que saem de suas redações para ir cobrir, por exemplo, uma sessão na Câmara de Vereadores, porque esse é o seu trabalho. Isso não é difícil. O complicado é e ter que se deparar com “Piti” de quem não sabe receber críticas, ler um texto, ou pior, tem mania de perseguição.

 


Desejo sinceramente que alguns dos vereadores revejam o tipo de tratamento dispensado à mídia local. Façam o seu papel que nós faremos o nosso. E, o político que não quiser aparecer na mídia deve ter cuidado com o que faz e o que fala.

 


Para finalizar deixo escrito (está também em gravação) mais uma parte da fala do vereador Fabiano Gomes nessa manhã:


“Essa situação não me aborrece. O que eu puder fazer para ajudar primeiramente a minha família, farei, e, a princípio, depois o povo”, disse o vereador...

 

Convido agora os leitores para uma reflexão: Essa é a mudança política de Palmeira dos Índios?.

 

 

2 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Política