21/11/2019
26ºC Maceio, Ensolarado com muitas nuvens
(82) 99620-8008

Notícias

02/09/2017 15:23
Política
Vereadores de Palmeira poderão passar a receber 1 salário mínimo mensal
Toninho Garrote apresentará projeto de lei na sessão da próxima quarta-feira (06)
Roberta Sampaio

 

 

O vereador por Palmeira dos Índios, Toninho Garrote (PP), apresentará na sessão ordinária que será realizada na próxima quarta-feira (06), um projeto de Lei que visa fixar o valor do subsídio recebido pelos vereadores em 1 salário mínimo vigente, ou seja, R$ 937,00. (novecentos e trinta e sete reais).

 


De acordo com cópia do projeto de Lei, os vereadores que fazem parte da mesa diretora será rigorosamente igual ao dos demais legisladores e ficará vetado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional ou de outra espécie remuneratória que diferencie os demais.

 


Vereador faltoso

 


Outro ponto do projeto é descontar 20% do valor do subsídio proposto (1 salário mínimo) dos vereadores que não comparecerem às sessões ordinárias sem justificativa plausível.

 


Justificativa

 


A justificativa utilizada por Toninho Garrote é que tal economia gerada com a diminuição dos salários dos vereadores, o município poderá enfrentar crise financeira e evitar cortes em áreas consideradas importantes para a população como, por exemplo, saúde, assistência e educação.

 


O Salário

 


Palmeira dos Índios tem hoje 15 vereadores que representam o poder legislativo municipal. Cada vereador recebe atualmente o valor líquido de R$ 4. 600,00 (quatro mil e seiscentos reais) mensais. Então, o total mensal da folha só com as despesas dos salários dos edis, é hoje de R$ 69.000,00 (Sessenta e nove mil reais).

 


Em uma conta rápida nós podemos calcular o seguinte:


Caso o projeto seja aprovado e os vereadores passem a receber 1 salário mínimo mensal em vigor - R$ 937,00 ao invés dos R$ 4.600,00 - Isso significa dizer que irá gerar uma economia de mensal de R$ 3.627,00 de cada vereador. Se somarmos os quinze serão R$ 54.405,00.

 


Indo um pouco mais na matemática e somarmos o valor anual, a cifra chega à R$ 652.860,00. Ou seja, mais de meio milhão por ano que poderá ser usado para o bem do povo de Palmeira dos Índios, já que, segundo o projeto do vereador, essa economia visa justamente ajudar o município de Palmeira na melhoria da prestação dos seus serviços.

 


O projeto

 


“Isso servirá para que muitos deixem de fazer da política meio de vida. Quero ver quem vai querer agora ser vereador. Duvido muito pois o que vemos é briga por poder e dinheiro”, disse Márcia Constantino – profissional liberal palmeirense.

 


Como foi dito no início do texto, o projeto de lei será apresentado na sessão da próxima quarta-feira (06). Estaremos atualizando os leitores após a decisão dos vereadores com relação ao mesmo.

 


Sabemos que existem as possibilidades em que os legisladores poderão divergir em suas opiniões ou serem unânimes na votação e aprovação, afinal, vivemos em uma democracia e a maioria decidirá.

 

 

 

 

 

 

 

2 Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA

Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Política