26/05/2022
29ºC Maceió, AL Tempo nublado
(82) 99699-6308

Notícias

25/08/2021 07:33
Política
Não seria elegante intervir na CCJ e marcar sabatina de Mendonça, diz Pacheco
Presidente do Senado afirmou que a decisão cabe ao presidente da Comissão, Davi Alcolumbre

Nesta terça-feira (24), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse, em entrevista a jornalistas, que não poderia interferir na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para definir a ordem das sabatinas.


Na tarde de hoje, a CCJ aprovou a indicação do procurador-geral da República, Augusto Aras, para recondução ao cargo , com 21 votos favoráveis, 6 contrários e nenhuma abstenção. A indicação agora vai a Plenário.


Pacheco disse que não poderia intervir para marcar a sabatina do ex-advogado-geral da União André Mendonça, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF). O chefe do Senado afirmou que a decisão cabe ao presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), organizar a pauta .


"Não seria nem elegante interferir. Na democracia, temos que respeitar a autonomia das instituições. A CCJ é uma instituição que tem sua autonomia e regramento. Fica a cargo do presidente da CCJ organizar sua pauta", disse ele.


FONTE: ULTIMO SEGUNDO

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Política