21/08/2019
26ºC Maceio, Tempestades
(82) 99620-8008

Editorias

26/01/2019 22:37
Esporte
Em um jogo intenso, CRB e Ceará ficam no empate sem gols no Rei Pelé
Time regatiano peca nas finalizações, desperdiça chance da primeira vitória, mas dorme no G4 da Copa do Nordeste
/ FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Tudo igual no Rei Pelé. Apesar de um jogo bem intenso na primeira etapa e de muitas chances criadas, CRB e Ceará não conseguiram balançar as redes e ficaram no empate sem gols, neste sábado (26), pela 2ª rodada da Copa do Nordeste.


Com o resultado, o Galo somou o seu segundo ponto na competição regional e aparece na 4ª colocação do Grupo A. Já o Ceará, chega aos 4 pontos e continua na liderança do Grupo B do Nordestão.

 

Na próxima rodada, o CRB vai receber a visita do Moto Club-MA, domingo (3), às 19h30 (horário de Alagoas), no Estádio Rei Pelé. Antes, o Regatas terá o Jaciobá pela frente, na quarta-feira (30), às 20h (horário de Alagoas), no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, pela 3ª rodada do Campeonato Alagoano.

 

O Ceará, por sua vez, entra em campo somente no dia 6 de fevereiro (quarta-feira) para encarar o Central-PE, às 20h30, em Caruaru, pela estreia da Copa do Brasil.


Lá e cá

O jogo começou bem movimentado, com os dois times buscando o gol. Logo aos 5 minutos, o Ceará levou perigo pelo lado direito de ataque. Ricardo Bueno se livrou da marcação de Igor, bateu cruzado e Felipe Jonatan finalizou para fora.


Dois minutos depois, o Vozão deu um susto no torcedor regatiano. Ricardinho apareceu sem marcação na intermediária, acertou um lindo chute Edson Mardden com a ponta dos dedos, fez uma defesa de pagar ingresso no Rei Pelé.


Após muita bronca do técnico Roberto Fernandes, o CRB se encontrou no campo de jogo e passou a ter mais posse de bola. A primeira finalização veio aos 15 minutos, quando o volante Ferrugem recebeu na meia direita e arriscou um foguete, obrigando Diogo Silva a espalmar para o lado.


O Galo pressionava o Vozão e rondava à área do time alvinegro, graças também ao centroavante Victor Rangel, que atraía os marcadores, o que ocasionava em espaços para o ataque regatiano. Aos 17 minutos, Rangel sofreu falta, Hugo Sanches cobrou, a redonda desviou no primeiro pau e Mateus Silva, de carrinho, mandou na trave.


Aos 21, o Ceará cobrou escanteio pelo lado direito do campo, mas, foi o CRB quem por pouco não abriu o placar. Após o córner, Hugo Sanches puxou contra-ataque, cruzou da ponta direita, a zaga do Ceará não afastou e a bola ficou livre para Guilherme na pequena área. Mas, o jogador regatiano mandou por cima do gol.


Antes de acabar a primeira etapa, o CRB perdeu o lateral Igor, que se lesionou após um choque de cabeça com o também lateral Samuel Xavier, do Ceará, e, ambos deixaram a partida.


2º tempo morno


No segundo tempo, o CRB voltou melhor que o Ceará e por pouco não abriu o placar logo no primeiro minuto, quando Hugo Sanches cobrou falta na área e Mateus Silva, livre de marcação, testou por cima do gol de Diogo Silva.


O Galo seguia com mais volume de jogo na etapa final, mas pecava nas finalizações. Aos 7 minutos, o volante Ferrugem sentiu e precisou ser substituído por Matheus Damasceno. Apesar das tentativas do Galo e do Vozão, a partida perdeu o ritmo da etapa inicial.


Outro lance de perigo saiu aos 20 minutos. O lateral Cristovam, do Ceará, avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro, buscando Vitor Feijão, que não alcançou a redonda, dentro da área. Aos 36, Edson Henrique cometeu falta em Ricardo Bueno, na entrada da área. João Paulo bateu no cantinho esquerdo e Edson Mardden salvou o CRB novamente.


Roberto Fernandes ainda colocou o atacante William Barbio no lugar do meia Felipe Menezes, mas o jogador pouco fez no setor ofensivo regatiano. A única jogada de perigo que saiu dos pés de Barbio aconteceu aos 44 minutos. Ele se livrou da marcação de Felipe Jonatan e cruzou rasteiro, mas Victor Rangel não alcançou. E ficou nisso: CRB 0x0 Ceará.

 

CRB - Edson Mardden; Ferrugem (Matheus Damasceno), Wellington Carvalho, Edson Henrique e Igor (Polaco); Claudinei, Mateus Silva, Felipe Menezes (William Barbio), Guilherme e Hugo Sanches; Victor Rangel.

Técnico: Roberto Fernandes.

Ceará - Diogo Silva; Samuel Xavier (Cristovam), Valdo, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho (João Paulo), Juninho, Ricardinho, Felipe Baxola; Vitor Feijão (Chico) e Ricardo Bueno.

Técnico: Lisca.

 

 

Por Isaac Simões | Portal Gazetaweb.com

 

Comentários

Utilize o formulário abaixo para comentar.

Ainda restam caracteres a serem digitados.
CAPTCHA
Compartilhe nas redes sociais:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Esporte